Fale Conosco 66 3410-2700

Notícias

HUMANIZAÇÃO E AMBIÊNCIA

publicado em 6 de julho de 2021

Santa Casa Rondonópolis, vereador e representantes da classe indígena buscam inovação de serviços para a saúde dos índios

A Superintendente da Santa Casa Rondonópolis, Bianca Talita Franco recebeu representantes da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems/MT) e da Casa de Apoio a Saúde Indígena (CASAI), onde foram discutidas propostas de humanização, ambiência e inovação para a saúde indígena no hospital.

De acordo com o coordenador da Dsei, Aldimar Rocha, os hospitais precisam criar ambientes que acolham os indígenas. “Temos que inovar, criar um local exclusivo para os índios. Precisamos de qualidade no atendimento, espaços que permitam a instalação de redes, alimentação adequada, para que eles não sofram com o impacto cultural. A Sesai tem toda estrutura para acompanhar este paciente indígena e ajudar no que for preciso”, explicou.

O vereador Dr. José Felipe gostou da ideia. Ele argumentou que este projeto pode ser apoiado pelo Hospital Escola, em articulação pelo vereador, o Deputado Federal José Medeiros, a diretoria da Santa Casa e a reitora da Universidade Federal de Rondonópolis. “É possível que este projeto seja tocado pelos alunos que estarão fazendo residência na Santa Casa”.

“Dois trabalhos importantes e inovadores podem sair daqui. O credenciamento do hospital seria muito relevante. Vamos elaborar um projeto e leva-lo para a administração pública. Faremos reuniões técnicas para, após o projeto em mãos, propormos para os gestores algo que beneficie os indígenas, com qualidade no atendimento, humanização e ambiência na ala de acolhimento”, concluiu.